o bibliotecário 2.0 (SP1)

Service Pack 1


  • Facebook

    O Bibliotecário 2.0 on Facebook
  • Outros Blogues


    oitenta e cinco. Get yours at bighugelabs.com/flickr
  • RSS O outro blogue

  • Translate

  • Comentários

  • Arquivos Temáticos

  • Arquivo Mensal

IFLA2011: Porto Rico

Publicado por Julio Anjos em 2009, 24 de Agosto

Se a bandeira é a americana, se a moeda é o dólar americano, se é preciso visto do departamento de estado, se quase todos os voos são via Miami… como é que é possível dizer que é na América Latina?

Mas concordo que é válido usar a conferência para atrair a atenção dos responsáveis (EUA) pela situação esquálida das bibliotecas em Porto Rico.  O México, que era a opção em cima da mesa, não sofre problemas tão prementes.

E outra razão de vulto que deve ter sido tida em conta: as Pré e Pós conferências terão de se realizar nos diversos pontos de interesse biblionómico espalhados pelas Bermudas e Caribe, no pico do Verão!

Sobre IFLA2009 | Comente!... »

IFLA2009: Sessão de Abertura

Publicado por Julio Anjos em 2009, 24 de Agosto

Numa palavra? Nem palavra preciso, bastam-me dois algarismos: 1”.0”

Não sei se Portugal faria melhor, mas a comissão organizadora indígena (i.e. Italiana) poderia ter tido um pouco mais de imaginação, de audácia, sei lá…  um Keynote Speaker que falou, pelo que consegui entender, de dialectos da península itálica, e terminou por apresentar o sitio internet do seu Instituto de Investigação/Documentação por meio de um PowerPoint manhoso… Urgh

E o senhor que foi falar da importância história dos arquivos da sua empresa em virtude de ter financiado a digitalização de uma obra que não consegui fixar… uma “joke”, mas a maior da jokes ocorreu quando o mestre de cerimónias teve de entrar dentro do foco de iluminação que incidia sobre o púlpito e dar um leve toque no braço a este orador…. ter quatro mil pessoas a rir-se da sua situação não é simpático para ninguém.

Mas enfim. a comissão organizadora não tem a mínima influencia sobre o conteúdo das sessões que é da responsabilidade das Secções e das Divisões. Esperemos que isto recupere!

PS: Os sketches de teatro que pontuavam as diversas etapas da cerimónia eram espectaculares…. Ainda bem que aquele enorme livro pendurado do tecto não era um aforismo para a patente prisão da comissão organizadora ao “formato”, mas um acessório cénico!

PPS: para uma conferência que já teve o Rei da Noruega na cerimónia de abertura, receber um “recado” do Mayor de Milão  sem ninguém para o ler, ou ver a região da Lombardia representada pelo Contabilista-Mor, deixa-me a pensar no que teria Portugal e Lisboa feito… ou conseguido.

PPPS: O Mayor de Washington DC gravou um video para a abertura da SLA2009… sempre é outro sinal, outra imagem.

Sobre IFLA2009 | Comente!... »

IFLA2009: A Conferência …

Publicado por Julio Anjos em 2009, 24 de Agosto

Imaginem que despejava-mos 4000 bibliotecários/as na Feira das Industrias ali em Alcântara na última quinzena de Agosto!

Imaginem essa mole humana à procura de comida subindo pela Rua Luís de Camões até à Tapada da Ajuda, e alastrando pela 24 de Julho até às Docas e a Belém.

É assim que está a IFLA 2009  em Milão, excepto que não há aqui o equivalente das Docas ou dos Pastéis de Belém: a única hipótese de esta gente almoçar é uma pastelaria à frente da porta cujo dono está a ganhar uma fortuna!

A estação de Metropolitano mais próxima está a mais de 15 minutos de caminhada! Os hotéis são todos próximos da entrada… do outro lado (a mais de um quilómetro de distância desta entrada).

Tudo isto sob um calor de 30º++, uns dias com sol, outros com aquela cobertura alta de nuvens a que alguns indígenas também chamam canícula.

Não posso deixar de fazer comparações com Lisboa, porque Lisboa concorreu contra Milão pela IFLA deste ano. Oficialmente perdeu porque a direcção da IFLA escolheu Milão e não Lisboa, mas toda a gente sabe que perde quem não garante subsídios e financiamentos  que cubram os 2 milhões de euros que uma coisa destas custa. Normalmente esse dinheiro é avançado tanto pela cidade anfitriã como pelos ministérios relevantes, como cultura, educação, etc. Em retorno tem-se 4000 pessoas e seus acompanhantes   durante uma semana a dormir em hotéis, a passear pela cidade e a comer em restaurantes, para não falar de todas as actividades satélites que devem pelo menos contribuir com a visita de mais umas 600 pessoas durante uma semana.

Será que Portugal  proporia também a FIL de Alcântara ou a FIL da Expo? A pré conferência da secção IT na reitoria do Universidade do Porto? A pré-conferência da NPSIG em Coimbra. outras em Èvora, Braga, Faro, etc. Tive luz verde da minha escola para propor Vila do Conde para pré conferência de Literacia Informacional se Portugal tivesse sido escolhido.

PS: Para 2011 o governing board da IFLA escolheu Porto Rico! Segundo quem já lá esteve é semelhante a ter a IFLA na Ilha de Porto Santo! O PIB da ilhota vai subir uns 300%!

PPS: A IFLA 2010 era para ser na Austrália, mas não conseguiu garantir o dinheiro, pelo que passou, de urgência, para Gotemburgo (Suécia) que se estava a preparar para 2011. Todas as pré-conferências que se estavam a preparar para a Austrália e Nova Zelândia foram também canceladas, mas de algum modo parece que há falta de vontade de refazer todo o trabalho para as substituir por eventos na Escandinávia.

Sobre IFLA2009 | 2 Comentários »

JISC – Libraries of the Future

Publicado por Julio Anjos em 2009, 23 de Julho

JISC – Libraries of the Future

A Visão do Futuro via UK

Via: Pedro Príncipe!

Sobre Misc | Comente!... »

TEDxEdges

Publicado por Julio Anjos em 2009, 16 de Julho

16-07-2009 10-49-49

Ia lá perder isto! Obviamente Participo!

Sobre Misc | Comente!... »

Petição pela Dignidade do Ensino Superior Politécnico

Publicado por Julio Anjos em 2009, 14 de Julho

Nunca fizeram isto aos professores universitários e agora, do nada, tratam os professores do ensino superior politécnico assim? E para ganhar o quê?

Trago isto à atenção dos meus leitores no meu “chapéu” de aluno.

14-07-2009 21-44-08

Sobre Misc | 1 Comentário »

Sobre o novo nome para a SLA

Publicado por Julio Anjos em 2009, 13 de Julho

Dizia Janice Lachance que mais que um “name change” é um problema de “game change”.

Diz Karen Reczek que quando diz que é uma bibliotecária empresarial as pessoas não reconhecem a adjectivação e perguntam o que faz concretamente. Quando explica o que faz as pessoas dizem que “isso não é um bibliotecário”.

Um dos corolários possíveis de tirar do estudo “Align 09” é: precisa-se de um nome que leve a sociedade a procurar-nos quando precisa de alguém com as nossas competências. Se a sociedade não procura “bibliotecários” quando precisa destas competências, procura quê? Queremos ser conhecidos por esse nome (se é que ele existe)? Os que já são conhecidos por esse nome querem a nossa companhia?

Ainda por cima, por defeito de formação na área da biblioteconomia, somos adeptos incondicionais da rotulação e catalogação das coisas… até de nós próprios.

PS: à uns anos, num grupo de estudo em que participei, definia-se “informático” com todo aquele que é pago para fazer “coisas de informático”. Os profissionais da informação podem almejar a mesma delimitação?

Sobre Misc | Comente!... »

 

Bad Behavior has blocked 509 access attempts in the last 7 days.