o bibliotecário 2.0 (SP1)

Service Pack 1


  • Facebook

    O Bibliotecário 2.0 on Facebook
  • Outros Blogues


    oitenta e cinco. Get yours at bighugelabs.com/flickr
  • RSS O outro blogue

  • Translate

  • Comentários

  • Arquivos Temáticos

  • Arquivo Mensal

IL2007: à procura de fontes

Publicado por Julio Anjos em 2007, 4 de Novembro

Começando a fechar a conta das memórias da minha experiência na IL2007 consegui localizar uma das fontes para uma das citações mais interessantes que trouxe de lá. A idéia é importante mas não conseguia localizar o registo pois a ideia que tinha da pessoa a quem a tinha ouvido não correspondia a nenhum dos conferencistas. Finalmente fez-se luz: Encontra-se no episódio 7.1 da LBI Shanachie Tour que foi passado na Soiree.

Nele, ao segundo 9:15, uma das alunas de Michael Stephens expressa o seu desejo de que as bibliotecas continuem a "fornecer serviço e materiais para todos os grupos etários ". Continua expressando a sua preocupação com um grupo específico, os adolescentes, lembrado que é um grupo muito difícil de satisfazer e muito fácil de perder para as bibliotecas. Aos 10:06 no entanto diz uma coisa fenomenal:

"A biblioteca [fisica ou digital] tem de ser um sitio confortável para os adolescentes, de modo a que, quando forem mais velhos [e forem clientes de bibliotecas universitárias, publicas e empresariais] eles possam olhar para trás, para essas boas experiências, e sentir-se predispostos a continuar a suportar o conceito [e a usar os seus serviços]. De outra maneira, em 20 ou 30 anos, vamos andar atrás deles, a pedir para virem [usarem/suportarem] à biblioteca e eles vão dizer: ""Não! Lembro-me de lá ter ido em criança… e era um sítio horrível, odiei"""

Katie Burke

Nota: [itálicos] são palavras minhas que clarificam o que eu entendo como sendo o sentido que estava a ser exposto.

A bem da referência estou à espera que o Michel Stephens me indique o nome da aluna citada.


Ora se bem me lembro das lendas urbanas ouvidas em algumas conferências e em conversas de café, as nossas bibliotecas escolares foram durante muito tempo usadas como locais de castigo.

Mesmo quando não de castigo sermos lá confrontados com o facto de precisar-mos de "orientação pedagógica especial" parece-me negativamente memorável que chegue.

Portanto, meus caros, preparem-se para uma geração de universitários e depois disso, adultos e contribuintes activos (e alguns deles chagarão a presidentes de Câmara (quiçá da Republica)) com ódio à maior parte das memórias que têm de bibliotecas.

Vejam o artigo específico October 20th 9100km e já agora as outras entrevistas disponíveis ao longo do blogue ou via podcast… são uma boa educação.

Imprimir esta notícia Imprimir esta notícia

Um comentário to “IL2007: à procura de fontes”

  1. Gaspar Matos Disse:

    Bem esgalhado!

Comentar


XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Login with Facebook:
Página 1 de 11
 

Bad Behavior has blocked 658 access attempts in the last 7 days.